COMPARTILHAR

Sou apaixonada por esmaltes. Sou daquelas que a cada semana usa um diferente e muitas poucas vezes repete o mesmo. Não lembro onde ouvi falar que esmaltes causam câncer. Então resolvi pesquisar e encontrei artigos informando que muitos esmaltes tem em sua composição componentes realmente cancerígenos, e que um deles é proibido na Europa.

Os componentes são, da mesma forma que vêm no rótulo dos esmaltes, foramdibutyl phtalate (banido em cosméticos, inclusive esmaltes, em toda a Europa), nitrotoluene, toluene e furfural (compostos comprovadamente cancerígenos).

No caso do dibutyl phtalate e do nitrotoluene, não há referências aos mesmos na legislação brasileira. Já toluene e furfural não possuem limites para uso em nossa legislação. Analisando pelas normas europeias, a quantidade máxima permitida de toluene é de 25% (250.000 mg/kg) e a de furfural, 360 mg/kg.

Os únicos produtos brasileiros que poderiam ser comercializados nos países europeus são os da Colorama e os hipoalergênicos da Risqué. Os produtos da Impala (inclusive os da linha hipoalergênica) contêm dibutylphtalate e toluene em concentrações muito altas e os produtos tradicionais da Risqué apresentam nitrotoluene e toluene em grandes quantidades

Ani Araujo

SEM COMENTÁRIOS